sexta-feira, novembro 14, 2008

Reflexão Sobre a Reflexão II






















Cate Blanchett no papel de Bob Dylan - no filme " Não Estou Lá"

9 comentários:

Laerte disse...

A Cate é bárbara. Bob Dylan tem que se esforçar pra estar à altura dela.

carol disse...

Você é que é bárbaro! Amo! Amo!
beijo

coreamor disse...

adoro bob dylan. ainda não vi esse filme, mas gostava de o ver.
esta é a humilde "homenagem" que fiz ao dylan.
gosto muito do seu blogue, volto sempre que consigo, a partir da altura em que encontrei o artigo sobre fleur-de-lys.

carol disse...

Obrigada e volte sempre!
Serás bem vindo...ou bem vinda...

coreamor disse...

vinda :)

carol disse...

Agora mais ainda..que já sei um pouquinho sobre você...
bine ati venit !

coreamor disse...

wowwwwwwwwww esta foi demais! onde é que foi descobrir isso? adorei!
e gosto muito de como você escreve, devia escrever um livro. ou já escreveu...
no meu comment, mais acima, queria dizer "esta é a minha homenagem ao dylan" http://coreamor.wordpress.com/2008/11/07/dylan/
mas esqueci-me do link ahahah! portanto ficaram sem saber o que queria dizer mesmo. devem ter pensando que sou maluca.
beijinhos!

carol disse...

é..achei mesmo que faltava algo no seu comentário!..livro? estou começando a pensar mais seriamente a respeito, mas...puxa! se alguém aí do outro lado do atlântico acha isso... vou até contar p/ os editores de plantão... vai que dá um empurrãozinho! obrigada pelo apoio!
beijos

clarisa disse...

está a brincar, mas porque não? sem fazer comparações, olhe o paulo lins, começou a escrever aquele romance que toda gente conhece "empurrado" pelos amigos, apoiado etc. e olhe onde chegou... traduzido para não sei quantas línguas, com filme inspirado nele e tudo. talvez não seja o melhor exemplo de literatura brasileira, mas... funcionou melhor do que qualquer outro livro contemporâneo do brasil. aqui em portugal está sempre esgotado, no UK vende-se muito muito bem etc.
boa sorte! :)